24 maio, 2016

It's only my opinion!

Acho que com este post, vou gerar debate!
Mas vou dizer-lo à mesma! 

Eu vi o concerto do Adam Lambert e dos Queen na Sic Radical.
Quando os vi no cartaz, pensei eu que fosse mais um tributo aos Queen e não liguei.. Não sabia que "ainda existiam" e que tinha um novo vocalista.

Eu não achei que o Adam cantasse mal.. Cantou à maneira dele.. Ninguem está lá para substituir o Freddie, ou outro cantor, como foi no concerto do AC/DC que o Alex Rose foi cantar no lugar do Brain Johnson.

Anyways, o que quero dizer é que infelizmente quando morre um vocalista.. Ou quando alguém  fica incapacitado de continuar a actuar, acho que a carreira da banda fica por aí. É muito bonito andar a fazer tributos.. Mas agora, pedir pessoas de "fora" para cantar no lugar de outros, acho que despensa-se.. Nunca será igual ao verdadeiro..  

Olha para o exemplo dos Nirvana. Não viram a "arranjar" um Kurt Cobain. Terminaram o grupo e formaram um outro: os Foo Fighters!
Os The Beatles, também não "arranjaram" 3 novos membros. O Paul Mccartney continuou a cantar a solo. 
Acho que cada coisa no seu lugar, o facto de ver o Brain May a tocar guitarra com cabelo todo grisalho.. Unhas pintadas.. Pah, já tiveram o momento de glória deles (quando o Freddie) era vivo.
Não é que tocou mal.. Até tocou mutismo bem, mas o que estou a dizer é que a idade não perdoa, e foi bom enquanto durou.. 
Prontos, eu dei a minha opinião!
Comentários
1 Comentários

1 comentário:

  1. Toda a gente sabe que nunca ninguém vai se igualar ao Fred Mercury. Mas o Adam Lambert e os Queens propuseram a relembrar todas as músicas em concertos ao vivos, dando a oportunidade a pessoal que nunca teve oportunidade de ver os Queens, ao menos poder cantar e divertir-se um pouco ao som de músicas, que agora só se ouve na rádio, visto que o vocalista faleceu.. isto é, até agora. Não é por o Fred ter morrido que os Queens morreram. Acho muito bem o que o Adam e os Queens estão a fazer, as músicas são demasiado especiais para nunca mais se ouvir em concerto. Fred é eterno, mas os Queen também. Em relação aos Foo Fighters, estás errada. O vocalista dos Foo Fighters era o baterista dos Nirvana, após a morte do Kurt, tentaram continuar com a banda sim, só que pelos vistos a Courtney Love não gostou e não permitiu, ou foi qualquer coisa do género. A banda separou-se então e o David Grohl criou os Foo Fighters, que são completamente diferentes dos Nirvana e a única coisa em comum é o David Grohl.

    ResponderEliminar

Obrigada pelo comentário! Responderei logo que possível, no vosso blog.
Thanks for your comment! I will get back to you as soon as possible, on your blog.